ENTRE EM CONTATO
11 4806-0671
contato@qsconsultoria.com.br

5 RECURSOS QUE O SEU ERP LEGADO ESTÁ DEIXANDO A DESEJAR

Recursos que o ERP Legado não possui

Como evolução dos sistemas MRP para planejamento de materiais, surgiu em meados dos anos 90 os conhecidos Sistemas de Gestão ERP. O objetivo era atender a necessidade de centralizar as informações de todas as áreas da indústrias e melhorar o gerenciamento destas informações. Desde então, os sistemas vem cumprindo bem este papel. No entanto, é comum empresas que implantaram o ERP há 10 anos ou mais terem diversos problemas com seu ERPs Legado, dentre eles o alto custo de manutenção e lentidão na adaptação de novas necessidades devido a quantidade de customizações realizadas que dificultam a atualização.

5 RECURSOS QUE SEU ERP LEGADO NÃO POSSUI

Previsões de mercado apontam que em 10 anos, os ERPs atuais sejam chamados de ERP Legado. A tendência é que continuem atendendo o objetivo inicial de centralizar informações, mas além disso, tenham mais flexibilidade para integração com outros sistemas focados em áreas específicas que poderão garantir um melhor desempenho para a indústria como um todo.

Neste post falamos sobre 5 recursos que se não existem no seu sistema de gestão, é um sinal de que você está trabalhando com um ERP Legado que está deixando a desejar, e fazendo com que seus concorrentes ganhem vantagem competitiva.

1. Inteligência de Negócio

A impressão de diversos relatórios e o trabalho de preenchimento manual de planilhas estáticas para análise já não se encaixam mais no modelo de negócios atuais. Novas tecnologia devem garantir a disponibilidade de dados brutos em tempo real e as transformarem em informações significativas para uma tomada de decisão rápida e eficaz. Dessa forma, os sistemas ERP precisam ter dashboard, relatórios e planilhas que são atualizadas automaticamente.

2. Sistemas de Gestão da Qualidade

A gestão total da qualidade hoje faz parte dos processos de qualquer indústria (ou ao menos deveria), não garantindo a qualidade sua empresa pode perder contratos por não atender exigências, além de outros deméritos. Por isso os processos e procedimentos de trabalho devem ser documentados, monitorados e melhorados continuamente, buscando sempre a satisfação do cliente. Um ERP mais moderno possui recursos para controlar os processos de qualidade e assegurar a conformidade dos processos.

+LEIA MAIS: Como gerar e enviar o certificado de qualidade na indústria 

3. Facilidade de Uso

Se você ainda acessa uma tele verde ou preta para consultar o seu estoque, para tudo!

As pessoas hoje estão acostumadas com interfaces amigáveis, como o Facebook e outros redes sociais que demonstram uma facilidade de navegação. Os impactos de uma interface não-tão-amigável são principalmente em custos, visto que os usuários demandam de muito mais treinamento e são mais suscetíveis a falhas quando a exibição não é intuitiva. Os ERPs mais modernos permitem o acesso a informações importantes com muito mais rapidez, inserindo os dados necessários com muito mais facilidade e sem precisar abrir milhares de telas gastando tempo demais com atividades simples por exemplo, como identificar determinado item está em quantidade crítica no estoque.

4. Dados em tempo real

No passado os sistemas ERP eram instalados em grandes estruturas com servidores instalados na planta, que demandavam alguns milhares de reais para instalação e manutenção. Hoje em dias as indústrias estão migrando para a nuvem, que além de reduzir os custos com TI, ainda disponibiliza os dados em tempo real. Dessa forma, o seu representante comercial consegue consultar durante uma visita, os dados reais da fase em que se encontra a produção de determinado pedido do cliente.

5. Integração IoT

O ERP Legado tem as suas informações em terminais fixos, tendo que deslocar os usuários até estes terminais para realizarem uma simples consulta. Já um ERP moderno permite que os usuários consultem e executem ações de qualquer dispositivo, por exemplo de um celular com aplicativos mobile. Essa troca de informações entre dispositivos agiliza os processos de trabalho em função da mobilidade e facilidade de uso, reduzindo o custo com equipamentos caros e fixos, além de tempo.


O seu ERP possui essas funcionalidades? Se não, este é um sinal de que está na hora de considerar rever suas ferramentas de trabalho.

About The Author

Equipe de Conteúdo QS

Nossos conteúdos são produzidos por especialistas nas diversas áreas da Indústria. A QS está em constante busca por informações e atualizações sobre tecnologia e Gestão Industrial, com o objetivo de trazer a melhor informação para os clientes.

Adicionar comentário

*Preencha todos os campos corretamente

Veja também outros artigos recentes

estratégia da cadeia de suprimentos
Posted by mariana | 02/04/2020
A cadeia de suprimentos é desenvolvida pelas empresas para que elas possam reduzir seus custos e se manter competitiva no mercado. Esse processo é crucial, porque uma cadeia de suprimentos...
sistema erp para gestão da produção
Posted by qsconsultoria | 17/03/2020
Os sistemas de gestão ERP ajudam as indústrias a melhorarem seus processos de trabalho, tanto no chão de fábrica, quanto nas áreas de suporte. Mas não para por aí, os...
lean manufacturing
Posted by qsconsultoria | 02/03/2020
Houve um tempo em que as pessoas pensaram que os conceitos do Lean Manufacturing e de Sistema de Gestão ERP eram controversos. Entretanto, atualmente existe um consenso entre os especialistas...