ENTRE EM CONTATO
11 4806-0671
contato@qsconsultoria.com.br

8 FERRAMENTAS DE PCP QUE TODO PROGRAMADOR PRECISA TER

ferramentas pcp

É comum que os funcionários de uma indústrias tenham medo de serem substituídos caso suas atividades de rotina sejam automatizadas. Mas para a área de planejamento e controle de produção, ferramentas de automatização não excluem  a necessidade de análise crítica de um profissional. Ao contrário, eliminam atividades que demorariam horas para serem realizadas e com alto risco de erro podem ser feitas em minutos.

Se você busca aumentar a disponibilidade de materiais e recursos da indústria, nós vamos te ajudar. Neste artigo listamos 8 ferramentas que ajudam a área de planejamento da produção a cumprir os prazos de entrega para o cliente final.

FERRAMENTAS QUE FACILITAM A ROTINA DO PCP

1.MPS OU PROGRAMA DE PRODUÇÃO

Conhecido como Programa Mestre de Produção, o MPS é a ferramenta base para o cálculo do MRP (falaremos sobre abaixo). Esta ferramenta é necessária para o planejamento das ordens de fabricação que deverão ser geradas dentro de um período, para atender aos pedidos ou reposição de estoque. Além de base para o MRP, o programa mestre de produção impacta em todo o resto do planejamento do PCP. Quando este processo é feito por um sistema, o tempo necessário para o cálculo e os riscos de erros nas informações é menor.

2. MRP ou Programação para trás

O MRP (Planejamento de Recursos de Manufatura) é uma ferramenta mais conhecida. Esta ferramenta calcula a necessidade de compra e de produção de materiais, para atender a demanda do produto acabado dentro do prazo. Tanto nos pedidos de venda, quanto nos programas de produção o MRP faz a explosão de estruturas de produto para calcular a necessidade de cada componente e matéria-prima necessárias para a produção.

+LEIA MAIS: O que é MRP, como funciona e quais os benefícios. 

3. Processo de fabricação ou rotas de produção

É a sequência de operações que um material precisa passar até que a produção esteja completa. Isso inclui as atividades de inspeção, que precisam ser realizadas durante a fabricação. Estes processos são utilizados como base para a previsão de capacidade da produção.

4. Cálculo de capacidade de produção

Neste cálculo o planejador ou gerente de produção poderá analisar a quantidade de horas.disponíveis e as horas necessárias para a produção das ordens de fabricação. De acordo com o programa de produção, considerando as ordens que já estão em aberto e a disponibilidade de máquina.

5. Ordens de fabricação planejadas

qsmobile_apontamento_de_produção_erpUma ordem de fabricação determina a quantidade a ser produzida, mas pode acontecer de algumas peças serem produzidas.com defeito, o famoso “matei a peça”. Com uma ferramenta de planejamento, é possível alocar recursos adicionais para completar a ordem de fabricação e atender a demanda. Bem como controlar os itens com falhas e recursos perdidos para refazer o planejamento.

 

6. Requisição de materiais

Além do planejamento, é necessário documentar a requisição para retirar os materiais do estoque. Com o MRP as requisições são geradas automaticamente de acordo com a necessidade. Assim como fazer baixas online, sem a necessidade de documentação em papel, e sem correr.o risco de perder o controle dos saldos de estoque, pois afeta diretamente no planejamento.

7. Vínculo entre diferentes ordens de PA

Considerando a complexidade de cada operação, podem ser necessárias diferentes ordens de fabricação de um mesmo componente. Uma vez que esse componente seja necessário na ordem de fabricação de um produto acabado. E uma ferramenta que faça o vínculo entre todas essas ordens facilita muito o acompanhamento da produção pelos planejadores.

8. Visão dos recursos necessários 

Os recursos incluem funcionários, ferramentas e materiais necessários para a produção. Isto é, ao ter vinculadas as informações de cada etapa do processo de fabricação e os recursos necessários, o programador.possui mais dados para realizar um planejamento mais assertivo.

Um dos pontos principais da automatização da produção é justamente economizar tempo eliminando atividades manuais. Por exemplo preenchimento de planilhas que demanda muito tempo, precisam ser constantemente atualizadas com dados corretos e ainda sim, possuem alto risco de falha. Com a utilização destas ferramentas, o profissional ganha tempo para realizar atividades que geram valor para a empresa.


Quantas destas ferramentas você utiliza no seu dia a dia na área de PCP?

Acho que você pode gostar de....

About The Author

Equipe de Conteúdo QS

Nossos conteúdos são produzidos por especialistas nas diversas áreas da Indústria. A QS está em constante busca por informações e atualizações sobre tecnologia e Gestão Industrial, com o objetivo de trazer a melhor informação para os clientes.

Blog Comments

quero fazer uma citação desse post em um artigo. Qual o nome do autor do post? Como vocês me aconselham a referenciar este blog? Pois não encontrei o nome de nenhum integrante deste blog.

Olá Vilma,
O artigo foi escrito por Thabata Devecchi e para referência ao site ‘QS Consultoria e Sistemas’. Alguns sites oferecem um modelo de refêrencias com normas ABNT.

Obrigada!

Informações sobre o produto

Add a comment

*Please complete all fields correctly

Veja também outros artigos recentes

Posted by qsconsultoria | 08/01/2020
No fim do ciclo anual, as indústrias fazem seus planejamentos e buscam novas ferramentas de melhorias para se preparar para os desafios do ano que vem a seguir. As tecnologias...
importancia do apontamento de produção
Posted by qsconsultoria | 19/12/2019
O apontamento de produção é uma das atividades fundamentais para a gestão industrial. Com as tecnologias disponíveis hoje no mercado, fica cada vez mais simples realizar este processo. Ainda sim,...
sistema de gestão erp proprio ou de mercado
Posted by qsconsultoria | 16/12/2019
Quando chega o momento de investir em um sistema de gestão ERP, a primeira pergunta que vem na cabeça é: “Vamos desenvolver um sistema de gestão próprio ou adquirir um...