COMO CALCULAR OS CUSTOS DE PRODUÇÃO NA PRÁTICA

calcular custos de produÇão na prática

Com a competição que existe hoje no mercado, as indústrias precisam apurar de forma simples e assertiva seus custos de produção. Essas informações permite que os gestores tomem decisões estratégicas como: avaliar a rentabilidade de um produto, negociar aumento de preços com os clientes, ou nos casos de fornecedores de montadoras negociar a não redução de preços exigida por elas anualmente. Além disso, a apuração de custos de produção também é uma exigência do SPED Fiscal

Neste post você vai entender como funciona a metodologia de cálculo de custos de produção para uma indústria de manufatura. Todas as etapas que descrevemos aqui podem ser automatizadas para agilizar o processo de cálculo. E ainda aumentar a confiabilidade da apuração de custos e dos processos que impactam diretamente nessa apuração, por exemplo, os apontamentos de produção.

Métodos para calcular custos de produção

Existem diversos métodos de custeio, e cada empresa pode adotar o método que preferir nas análises gerenciais de custos. Entretanto, o exigido pela Legislação Brasileira para fins de contabilidade e apuração de Imposto de Renda é o método Custeio por Absorção ou Integral, por isso utilizaremos este em nosso exemplo.

Composição do custo de produção

Para fazer a apuração de custos de produção em uma indústria é preciso considerar os custos Diretos e os Indiretos. Entretanto, para separar estes custos é crucial ter conhecimento sobre os conceitos de custos diretos x indiretos, fixos x variáveis.

  1. Custos Diretos: são componentes comprados e produzidos. E que compõe a estrutura do material e as horas/homem utilizados para produção.
  2. Custos Indiretos: recursos necessários para a produção, mas não diretamente aplicados ao produto final, por isso precisam ser rateados para todos os itens produzidos em um período.

Como calcular o custo de produção de cada item

Para aqueles que utilizam um sistema de gestão, o cálculo do custo nada mais é do que o resultado de várias rotinas e movimentações realizadas durante o mês. Se a sua empresa não utiliza, é necessário consolidar todas estas diferentes informações para chegar ao valor final. Por isso, mostraremos como fazer o cálculo de cada um dos tipos de despesa que compõe o custo final de produção.

 1. Custos Diretos de Produção

a. Custo dos Materiais Comprados

O controle de recebimento de material é o processo que irá gerar a informação sobre os custos de material comprado. Assim a matéria-prima e componentes adquiridos pela empresa precisam ser controlados através do cálculo de custo médio ponderado. Ou seja, a cada material recebido é descontado os valores de impostos embutidos no preço, e multiplicado pela quantidade daquele item no estoque para posteriormente ser divido pela quantidade total e chegar em um valor de custo médio ponderado.

Cálculo Custo Médio Ponderado = (Valor do produto na nota fiscal − impostos 〈ICMS/PIS/COFINS〉 × quantidade recebida) + (custo unitário × quantidade em estoque) ÷ (quantidade em estoque + quantidade recebida)

b. Custos da Mão de Obra Direta

Para apurar os custos com a mão de obra é preciso saber o tempo gasto na produção de cada item, qual profissional realizou o trabalho e o custo horário desse profissional para a empresa. Exemplo: O João tem um salário de 2.000,00 + os benefícios e encargos, assim ele tem custo de 4.000,00 para a empresa. Como sua carga horário mensal é de 200 horas, o custo da sua hora é se R$20,00. Dessa forma:

Custo Mão de Obra = (Horas de produção item × Custo Hora Funcionário A) + (Horas de produção item × Custo Hora Funcionário B)

2. Custos Indiretos

Os custos indiretos podem ser rateados para toda a produção. Então despesas como: aluguel, água, energia, materiais auxiliares, manutenção geral, mão de obra, entre outros são somados e divididos por todos os materiais produzidos no período. Esta divisão pode ou não seguir um critério de proporcionalidade, isso depende das características do seu negócio. Por isso, alguns sistemas trabalham com uma Taxa Mensal que é aplicada no cálculo do custo por produto, já considerando todos estes custos indiretos.

Procedimentos que geram informações para o custo

Para que estes custos sejam apurados, é necessário que alguns procedimentos de controle sejam realizados durante todo o mês para que se tenha os dados para fazer estes cálculos.

1. Recebimento dos materiais

Como já mencionamos anteriormente, o controle do recebimento dos materiais é um dos pontos críticos do custo. Porque neste momento que são registrados o custo unitário dos materiais comprados. Por isso, um bom procedimento que garanta este controle é fundamental.

2. Controle das Requisições de Material

Além de saber todos os materiais que foram retirados do almoxarifado e planejar melhor suas compras, as requisições controlam todos os materiais diretos e indiretos que foram utilizados na produção de cada ordem de fabricação durante o mês.

3. Apontamentos de produção

Através dos apontamentos de produção você saberá o total de peças produzidas no período, o total de horas alocadas de cada profissional e o total de horas/máquina utilizada na produção. Dessa forma, todos os custos diretos de produção serão apurados com base nas informações da ordem de fabricação.

Como calcular o custo total da produção

Com todas estas informações apuradas corretamente, para se chegar no custo total de produção basta somar todos os dados:

Custo total = Custos Diretos + Custos Indiretos

Em um sistema de gestão ERP a cada movimentação de material e apontamentos de ordem de fabricação as informações são registradas, atualizando automaticamente os custos dos seus produtos, de acordo com os parâmetros determinados pela sua empresa. Caso você busca agilizar este processo e ganhar confiabilidade nas informações obtidas, um ERP é a melhor opção.

Na QS oferecemos o Q4-ERP Industrial que contempla todos os indicadores para a sua indústria controlar os custos de produção. Se quiser conhecer, clique no botão ao lado e solicite uma APRESENTAÇÃO DA SOLUÇÃO.

 

About The Author

Equipe de Conteúdo QS

Nossos conteúdos são produzidos por especialistas nas diversas áreas da Indústria. A QS está em constante busca por informações e atualizações sobre tecnologia e Gestão Industrial, com o objetivo de trazer a melhor informação para os clientes.

Veja também outros artigos recentes

agilizar o faturamento na indústria
Posted by qsconsultoria | 09/02/2021
Todos sabemos que o faturamento é um dos processos mais críticos dentro de uma indústria, e que de forma alguma pode se tornar um gargalo. Caso algo não funcione no momento...
reduzir os custos industriais
Posted by qsconsultoria | 12/01/2021
As informações sobre custos industriais da sua empresa são confiáveis? Confiar nas informações disponíveis na sua indústria é fundamental para cumprir o objetivo principal de qualquer negócio: reduzir os custos...
capacidade produtiva
Posted by qsconsultoria | 15/12/2020
Você sabe qual é a capacidade produtiva da sua indústria? Essa informação pode ser o que falta para a sua indústria aumentar a produtividade, reduzir os custos e melhorar o...