ENTRE EM CONTATO
11 4806-0671
contato@qsconsultoria.com.br

PPAP | O QUE É E PARA QUE SERVE?

O PPAP é o Processo de Aprovação de Peça de Produção, que teve início nos anos 90 quando as montadoras começaram a se organizar para padronizar a documentação para homologação de amostras. Inicialmente poucas montadoras aderiram a este processo, pois cada uma já tinha seus próprios documentos, mas aos poucos o manual foi ganhando força e hoje é reconhecido mundialmente pela grande maioria das Montadoras, Sistemistas e Autopeças.

Mas o que é PPAP e qual o seu propósito?

O PPAP consiste em um dossiê composto por 18 documentos que tem como propósito:

Determinar e registrar a real capacidade do processo através de ferramentas apropriadas e padronizadas, identificando os riscos potenciais, métodos de controle para minimizar ou eliminar riscos”

Ou seja, o objetivo do PPAP é garantir a integridade do processo de manufatura, assegurar a qualidade para o cliente. Entendemos aqui qualidade no sentido amplo da palavra, não só pensando em qualidade de produto, mas na garantia da qualidade sustentada dando estabilidade e previsibilidade ao processo de manufatura, e desta forma protegendo o cliente de possíveis problemas de qualidade no produto, garantindo o abastecimento seguro ao cliente por todo tempo de peça ativa (tempo de fornecimento de um produto).

Os 18 documentos do PPAP

  1. Registro de Projeto / Desenhos
  2. Documentos de Alteração de Engenharia (se houver)
  3. Aprovação de Engenharia do Cliente (se solicitado)
  4. FMEA de Projeto
  5. Diagrama de Fluxo do Processo
  6. FMEA de Processo
  7. Plano de Controle
  8. Estudos de Análise dos Sistemas de Medição
  9. Resultados Dimensionais
  10. Resultados de Ensaios de Material/Desempenho
  11. Estudos Iniciais do Processo
  12. Documentação de Laboratório Qualificado
  13. Relatório de Aprovação (RAA) , se aplicável
  14. Amostra do Produto
  15. Amostra Padrão
  16. Auxílios de Verificação
  17. Registros de Conformidade com Requisitos Especificados do Cliente
  18. Certificado de Submissão de Peça (PSW)

É importante também deixar claro que estes documentos fazem parte do processo de homologação do produto e devem ser entregues antes do início do fornecimento do produto ou serviço assim o cliente fará uma avaliação e validação do processo para quando o item entrar em produção seriada não haver surpresas para ambas as partes.

Uma vez homologado o produto, com toda documentação aprovada, significa que o fornecedor está operando seu processo sob condições controladas envolvendo:

  • monitoramento do processo
  • monitoramento do produto
  • matéria prima especificada
  • sistemas de medição aprovados
  • máquinas e equipamentos específicos
  • processo sob controle estatístico

Tudo isso para garantir a estabilidade do fornecimento. Porém sabemos que todo processo de manufatura é dinâmico e com o tempo há mudanças, melhorias, correções necessárias e normais para qualquer empresa. Mas quando tratamos de PPAP qualquer alteração no processo deve ser notificada ao representante oficial do cliente expondo as futuras alterações no processo e já prepararando um novo pacote de documentos para uma nova submissão.

Alterações de processo que devem ser notificadas ao cliente

  • modificação do processo de fabricação do item
  • revisão de desenho
  • mudanças de fornecedores de matéria prima ou prestação de serviço
  • alteração nos sistemas de medição
  • alteração no plano de controle
  • mudanças de layout
  • mudanças de máquina
  • mudanças entre plantas e ferramental inativo por mais de 12 meses

Quanto a submissão ao cliente, temos vários níveis que variam de 1 a 5 que podem ser estabelecidos dependendo do grau de confiança que o cliente tem no fornecedor, da situação de fornecimento ou importância do projeto. O que muda de um nível para outro são os documentos necessários para submissão e homologação, assim há níveis com maior quantidade de documentos a serem apresentados enquanto outros somente o certificado de submissão já basta.

É importante deixar claro que, embora o fornecedor não realize a submissão dos documentos ao cliente, ele deve garantir que todos os 18 documentos sejam elaborados e estejam à disposição para qualquer necessidade de consulta por parte do cliente.

Aqui fica claro porque o PPAP é tão solicitado pelas montadoras e autopeças, ele fornece ao cliente a segurança do fornecimento contínuo de peças e serviços evitando paradas de linhas, reduzindo a probabilidade de problemas com o produto, dando credibilidade ao sistema.

André Spiandorello
About The Author

André Spiandorello

Formado em Metalurgia, Bacharel em Administração de Empresas e MBA em Engenharia da Qualidade. Com 22 anos de experiência na área de Gestão da Qualidade, trabalhou na gestão de empresas nacionais e multinacionais nos seguimentos de auto-peças, eletro-eletrônicos, alimentício e de energia. Auditor Líder ISO/TS 16949 e ISO 9001:2008 certificado pela RAB e AIAG. Certificado Black Belt (Seis Sigma), Coordenador de vários processos de certificação dentre eles , ISO 9001:2008; QS 9000 e ISO/TS 16949. Atualmente presta consultoria a empresas de diversos segmentos nas áreas de gestão da qualidade e melhoria de processos.

Add a comment

*Please complete all fields correctly

Veja também outros artigos recentes

agilizar faturamento
Posted by qsconsultoria | 26/07/2018
O faturamento é um dos processos mais críticos dentro das indústrias e de forma alguma pode tornar-se um gargalo. Se no momento da emissão da nota fiscal algo sair errado, você...
fatores de sucesso em uma implantação de erp
Posted by qsconsultoria | 16/07/2018
De acordo com o relatório ERP 2018 da consultoria Americana Panorama, especializada em implantação de ERP, 64% das organizações entrevistadas que implantaram sistema ERP recentemente reportaram que gastaram mais dinheiro do...
Posted by qsconsultoria | 02/07/2018
Conectividade, digitalização e indústria 4.0 são os termos do ano 2018 para as indústrias, ou seja, o foco agora é automatização da produção. Uma pesquisa publicada pela Automotive Business sobre...