ENTRE EM CONTATO
11 4806-0671
contato@qsconsultoria.com.br

OS PROCESSOS QUE IMPACTAM NA RASTREABILIDADE DE PRODUTO

Posted by Thabata Devecchi | 10/03/2016 | BLOG, CONTROLE DE ESTOQUES
rastreabilidade_industria_manufatura

Se você trabalha em uma indústria do setor automotivo já está familiarizado com o termo rastreabilidade de produto pois para se tornar fornecedor de uma montadora, dentre os inúmeros pré-requisitos, é necessário ter processos de trabalho que garantam a rastreabilidade dos itens produzidos.

Recentemente algumas montadoras anunciaram o recall de alguns veículos no Brasil:

Agora imagine a seguinte situação, você comprou um carro novo e algum tempo depois recebe uma notificação de recall, informando que foi identificado um problema que pode impactar na segurança do seu veículo por isso precisa levá-lo a uma concessionária para fazer a troca de uma peça. Chato né? E se depois você descobre que na verdade aquela notificação foi enviada por engano, por que na verdade o seu carro não fazia parte daquele lote que estava com problema?

Este pequeno erro além de custar o seu tempo e te deixar inseguro com relação ao seu veiculo gera um custo de milhões para a montadora e para os seus fornecedores, que precisaram repor todas as peças com defeito por que como não foi possível identificar qual peça gerou o problema, e quais itens foram produzidos com esse material, então foi necessário fazer o recall de diversos lotes de veículos produzidos dentro de um período.

A rastreabilidade é o processo que fornece as informações necessárias para determinar quais veículos devem fazer a troca da peça com problema, de acordo com os lotes produzidos. É a garantia de que caso ocorra qualquer problema ou falha com o produto final é possível identificar qual é a sua origem, ou seja, quais componentes e matérias-primas, de quais fornecedores e quais lotes de fornecimento foram utilizados para produzir aquele lote de produto acabado. O processo inverso ocorre da mesma forma, se o seu fornecedor identificar uma falha com algum lote de produtos, você pode rastrear os itens produzidos com este lote e não enviar para os clientes ou até fazer um recall.

Por isso o controle da rastreabilidade se tornou um processo crucial dentro da gestão da produção e passou a ser um requisito para as empresas que queiram fazer parte da cadeia produtiva de algumas industrias como a automotiva, alimentícia, farmacêutica, aeroespacial entre outras.

Para quem já trabalha nessa área o tema rastreabilidade não é nenhuma novidade, mas neste post eu vou falar sobre alguns pontos que muitas pessoas NÃO SABEM, ou que não se tentam:

3 processos que impactam diretamente na rastreabilidade dos produtos

 

O processo de recebimento X  a rastreabilidade

O controle da rastreabilidade tem início no processo de recebimento dos componente e matérias-primas comprados. O número da nota fiscal de compra e/ou lote do fornecedor precisam ser registrados corretamente pois é esta informação que faz o link com o fornecedor. Também é preciso identificar com etiquetas cada um desses lotes, não basta apenas fazer o registro em software ou documentos, é preciso que o manuseio físico destes materiais esteja de acordo com as informações registradas.

Os controles de estoque X  a rastreabilidade

O controle de estoque para garantir a rastreabilidade deve ser minucioso,  cada movimentação precisa ser registrada:

  • recebimento de material no almoxarifado, com número de lote
  • saída de material para produção, com número de ordem de fabricação
  • entrada do produto acabado no estoque, com número de lote interno
  • saída do produto acabado para o cliente, com número de nota fiscal

Todas essas movimentações precisam estar vinculadas umas as outras, para isso é preciso que qualquer movimentação de material seja acompanhada de um documento – Nota Fiscal, Requisição de Material, Ordem de Produção – e novamente, que as informações registradas nestes documentos sejam condizentes com as movimentações físicas. Se a pessoa informar no documento que liberou um lote de material do almoxarifado mas fisicamente acabar entregando outro, toda a rastreabilidade foi perdida naquele momento.

O controle de lote é como se fosse a espinha dorsal da rastreabilidade, é ele que sustenta este processo e garante que seja possível rastrear todo o ciclo de vida de um produto, desde a sua origem até o seu destino final, baseado nesses vínculos entre documentos.

Os apontamentos de produção X a rastreabilidade

Os apontamentos de produção registram não apenas as quantidades produzidas ou horas trabalhadas, mas também as máquinas utilizadas e as pessoas responsáveis pela execução de determinada operação. Por isso garantir que os apontamentos sejam precisos é fundamental para se ter um processo confiável de rastreabilidade dos seus produtos. E novamente a identificação física desses itens apontados deve ser feita, e aqui uma opção é a utilização de etiqueta com códigos de barra, assim os leitores garantem que nenhuma informação foi digitada errada como número da ordem de fabricação por exemplo, pois é este número que fará o vínculo com os outros documentos.

Garantir a rastreabilidade dos produtos ainda é um desafio para muitas empresas, você deve ser capaz de identificar um lote com problema muito rapidamente, antes que o seu cliente o faça, mas em função da enorme quantidade de dados que este processo gera, se você não possui todos eles integrados e automatizados pode comprometer a qualidade da informação e do processo como um todo.  Portanto, ter um processo confiável de rastreabilidade depende de 3 fatores principais:

  • Processo de trabalho bem definidos
  • Pessoas bem treinadas e conscientizadas da importância deste processo
  • Uma ferramenta para automatizar e controlar estes processos

Por isso, na minha opinião, investir em processos, pessoas e ferramentas para garantir a rastreabilidade dos produtos deve ser visto pelos gestores não apenas como algo para atender aos requisitos de um cliente ou da ISO, e sim como uma decisão estratégica para melhorar a qualidade dos processos internos, a confiabilidade das informações e desenvolver uma cultura de excelência. 


Você precisa garantir a rastreabilidade da produção na sua indústria, mas está complicado fazer isso em planilhas? O seu sistema atual não atende a rastreabilidade no nível de exigência do seu cliente? Nós podemos te ajudar! Com o Q4-ERP industrial você consegue garantir a rastreabilidade completa da produção de forma segura, confiável e simples. Solicite uma demonstração personalizada para conhecer todos os recursos e descobrir como garantir a rastreabilidade na sua indústria.

Demo_Rastreabilidade por Nota Fiscal

About The Author

Thabata Devecchi

Administradora de empresas com experiência em mapeamento, planejamento e implantação de melhoria de processos organizacionais com software de gestão. Em constante busca por novidades e tecnologias que melhorem o dia a dia dos empreendedores.

Add a comment

*Please complete all fields correctly

Veja também outros artigos recentes

planejamento de necessidade de materiais
Posted by qsconsultoria | 25/03/2019
O planejamento de materiais dentro uma indústria do setor automotivo, especialmente aquelas que fornecem diretamente para as montadoras, é um desafio diário. As constantes alterações na programação de entrega exigem...
agilizar faturamento
Posted by qsconsultoria | 26/07/2018
O faturamento é um dos processos mais críticos dentro das indústrias e de forma alguma pode tornar-se um gargalo. Se no momento da emissão da nota fiscal algo sair errado, você...
fatores de sucesso em uma implantação de erp
Posted by qsconsultoria | 16/07/2018
De acordo com o relatório ERP 2018 da consultoria Americana Panorama, especializada em implantação de ERP, 64% das organizações entrevistadas que implantaram sistema ERP recentemente reportaram que gastaram mais dinheiro do...