ENTRE EM CONTATO
11 4806-0671
contato@qsconsultoria.com.br

OS PROCESSOS QUE IMPACTAM NA RASTREABILIDADE AUTOMOTIVA

processos que impactam a rastreabilidade de produto

Imagine que você comprou um carro novo e algum tempo depois recebe uma notificação de recall informando que foi identificado um problema que pode impactar na segurança do seu veículo. Chato, né? E se depois você descobre que aquela notificação foi enviada por engano e que na verdade seu carro não fazia parte daquele lote com problema? Uma situação como essa, demonstra uma falha na rastreabilidade de produto da cadeia produtiva em questão.

Se você trabalha em uma indústria do setor automotivo já está familiarizado com o termo rastreabilidade de produto, já que para se tornar um fornecedor de montadora, dentre inúmeros pré-requisitos, é necessário ter processos de trabalho que garantam a rastreabilidade dos itens produzidos, justamente para evitar que erros como o citado acima, aconteçam.

Por isso neste post eu vou falar sobre alguns pontos que impactam na rastreabilidade de produto e muitas pessoas NÃO SABEM ou não se atentam.

Por que é importante garantir a rastreabilidade?

A rastreabilidade garante que em caso de qualquer problema ou falha com o produto final, será possível apontar a origem, ou seja, quais componentes e matéria-prima, de quais fornecedores e quais os lotes de fornecimento foram utilizados para a produção daquele produto acabado. O processo inverso ocorre da mesma forma, se o seu fornecedor identificar uma falha em algum lote, sua empresa pode rastrear os itens produzidos com este lote e não enviar mais para os clientes, ou até fazer um recall dos lotes produzidos dentro de um período.

Com falhas no processo rastreabilidade de produto, um erro simples gera um custo milionário para a montadora e seus fornecedores, que deverão repor todas as peças com defeito. Ou possível defeito, já que não se identificou qual peça (e de qual fornecedor) gerou o problema e quais itens foram produzidos com este material. Devido a isso, este controle passou a ser crucial para a gestão da produção.

ebook rastreabilidade

3 processos que impactam na rastreabilidade de produto

1. Recebimento x Rastreabilidade

O controle da rastreabilidade tem início no processo de recebimento dos componentes e matéria-prima comprados. O número da nota fiscal de compra e/ou lote do fornecedor precisam ser registrados corretamente, pois esta informação que faz o link com o fornecedor. Além disso, não basta apenas registrar no sistema de gestão ou documentar, é preciso identificar com etiquetas cada um desses lotes. O manuseio físico destes materiais deve estar de acordo com as informações registradas.

2. Controle de Estoque x Rastreabilidade

Para garantir a rastreabilidade o controle de estoque deve ser minucioso. Todas as movimentações do material devem ser registradas, por exemplo:

  • o recebimento do material no almoxarifado, com o número de lote;
  • saída de material para a produção, com o número da ordem de fabricação;
  • entrada do produto acabado no estoque, com o número de lote interno;
  • saída do produto acabado para o cliente, com o número da nota fiscal.

As movimentações precisam estar vinculadas umas as outras, por isso qualquer movimentação de material deve estar acompanhada de um documento (Nota Fiscal, Requisição de Material ou Ordem de Produção) e as informações registradas nestes documentos devem ser condizentes com as movimentações físicas. Se um colaborador informar no documento que liberou um lote de material do almoxarifado mas fisicamente liberar outro, toda a rastreabilidade será perdida neste momento. O controle de estoque é como a espinha dorsal do processo, já que sustenta e garante a rastreabilidade de todo o ciclo de vida de um produto, desde sua origem até o destino final, baseado no vínculo entre documentos.

3. Apontamento de Produção x Rastreabilidade

O apontamento de produção não registra apenas a quantidade produzida e horas trabalhadas no material. Ele também indica as máquinas utilizadas e as pessoas responsáveis pela execução da operação. Por isso, garantir que os apontamentos sejam precisos é fundamental para se ter um processo confiável de rastreabilidade dos seus produtos.

Como falamos, é essencial que seja feita a identificação físicas dos itens e uma das opções para a identificação é a utilização de etiqueta com código de barras. Os leitores garantem que nenhuma informação seja digitada incorretamente como o número da ordem de fabricação por exemplo, e fará automaticamente o vínculo com outros documentos.

Integração de dados para a Rastreabilidade

Em função da enorme quantidade de dados gerados, garantir a rastreabilidade ainda é um desafio para muitas empresas. Pois é importante que a empresa identifique o problema no lote antes que o cliente o faça, e não possuindo todos os dados integrados e automatizados a qualidade da informação fica comprometida, atrasando a identificação. Portanto, ter um processo confiável de rastreabilidade depende de 3 fatores principais:

  • Processos de trabalho bem definidos;
  • Pessoas bem treinadas e conscientes da importância da rastreabilidade;
  • Uma ferramenta para automatizar e controlar os processos.

Investir em procedimentos, pessoas e ferramentas para garantir a rastreabilidade dos produtos deve ser visto não apenas como meio de atender aos requisitos de um cliente ou da ISO. E sim como uma decisão estratégica para melhorar a qualidade dos processos internos, a confiabilidade das informações e desenvolvimento de uma cultura de excelência. 


A rastreabilidade na sua indústria é feita por meio de planilhas ou sistema de gestão? O processo atende a rastreabilidade no nível de exigência do seu cliente?

rastreabilidade por nota fiscal.

 

About The Author

Equipe de Conteúdo QS

Nossos conteúdos são produzidos por especialistas nas diversas áreas da Indústria. A QS está em constante busca por informações e atualizações sobre tecnologia e Gestão Industrial, com o objetivo de trazer a melhor informação para os clientes.

Add a comment

*Please complete all fields correctly

Veja também outros artigos recentes

Posted by qsconsultoria | 06/12/2019
Para ter um produto bem fabricado e possuir informações para garantir uma boa gestão industrial é essencial investir na configuração da estrutura de produto. Essas informações documentas e de fácil...
planejar gestão da manutenção industrial
Posted by qsconsultoria | 27/11/2019
Uma boa gestão da manutenção industrial é essencial para o desempenho de um negócio. Através da manutenção, é possível manter o pleno funcionamento do chão de fábrica, assim evitando perdas...
inventário anual de saldo de estoque
Posted by qsconsultoria | 11/11/2019
Mais que apenas uma informação estratégica, a apuração do controle de saldo de estoque também é uma exigência fiscal que obrigada as empresas a entregarem anualmente o inventário físico através...