Como a Bristol Parts reduziu seus custos de produção de ferramental

Posted by Equipe de Conteúdo QS | 19/02/2018 | BLOG, CASE DE SUCESSO
Redução de Custos de Produção de Ferramental

É fato que um sistema de gestão ERP pode trazer diversos benefícios para uma indústria, no entanto, um deles é o mais esperado: a redução de custos de produção. E foi exatamente esse que a indústria Bristol Parts conseguiu enxergar em apenas alguns meses ao implantar a solução da QS, o Q4-ERP Industrial para fazer a gestão da área de ferramentaria da empresa.

Conheça quais os desafios enfrentados pela empresa e os resultados alcançados com a implementação do sistema de gestão integrado, como a redução de custos de produção de ferramental de 70%

Sobre a empresa Bristol Parts

A Bristol Parts é uma indústria de componentes de alumínio anodizado para embalagens de cosméticos, atuando há 50 anos no mercado. Seus produtos abrangem a linha de tampas (para perfumes, lápis e rimel), estojos e luvas de batom, bandejas para sombra, capuz para válvulas pump e aerosóis. Entre seus principais clientes estão a Natura, Boticário, Jequiti, Avon, Mahogany e outros.

Quais eram os desafios?

A empresa possui uma ferramentaria interna própria de produção de ferramentas para as máquinas, dessa forma, o cliente final é a área de manutenção e o chão de fábrica. Até então, os controles de produção eram feitos de forma manual, em papel, e isso tornava o processo difícil de gerenciar. Os seguintes desafios eram enfrentados:

  • Necessidade de redução do tempo médio de desenvolvimento de um novo ferramental;
  • Precisavam melhorar a gestão dos recursos disponíveis: máquinas, materiais e mão de obra;
  • Necessidade de melhorar o planejamento da produção de ferramentas e compra de materiais para produção;
  • Não havia ordens de produção na fábrica, utilizavam desenhos como orientação do que deveria ser produzido;
  • Não conseguiam medir a produtividade ou os retrabalhos;
  • Não sabiam o que estava sendo produzido sem ir até cada máquina verificar;
  • Atrasava produção pela quantidade de serviços não planejados solicitados pela manutenção;
  • Não sabiam a quantidade necessária de material a ser utilizado no processo de fabricação de um produto;
  • Manutenção solicitava um serviço de forma manual (papel escrito a mão) e não era possível mensurar os serviços solicitados x realizados;
  • O operador muitas vezes parava a produção para fazer uma peça para a manutenção que não estava planejada;
  • Não realizavam apontamentos de serviço nem de produção e havia dificuldade de saber o tempo de um processo de fabricação;
  • O custo dos novos desenvolvimentos era estimado e não o real, por falta de informação para mensurar tempo de produção e custo da mão de obra;

Soluções propostas pela QS

A Bristol decidiu implantar o Q4-ERP na Ferramentaria para integrar todos os processo e realizar o planejamento e controle de produção das ferramentas da empresa. Com a dedicação dos envolvidos na implantação do projeto, o sistema entrou em produção em apenas 2 meses. Foram implantados os seguintes processos:

1. Programação da Produção com Ordem de Fabricação

Foram criados e documentados os processos de fabricação de todas as ferramentas. O responsável pelo planejamento da produção faz a programação de acordo com a capacidade de cada funcionário, visando otimizar os custos de mão de obra. As ordens de fabricação geradas permitem que os colaboradores saibam quais são suas atividades, e aos supervisores a visão do que está sendo produzido.

A área de manutenção emite solicitações de serviços eletrônicas, que entram no planejamento para a produção. O time segue o planejamento e não mais executa na hora todas as solicitações que chega. Dessa forma, a gestão da produção na ferramentaria passou a ser mensurável e visual.

2. MRP – Cálculo de Necessidades de Materiais

As estruturas de produto foram padronizadas, por isso agora é possível saber quais materiais serão utilizados na fabricação de um produto. Dessa forma, foi otimizado o planejamento de compras de materiais, o controle de estoque e também a apuração de custos de produção. O processo de abertura de ordem de fabricação é feito de forma automática baseada no planejamento.

3. Gestão da produção com apontamentos de produção

Com a emissão de ordens de fabricação, a gestão da produção passou a ser feita via sistema de forma integrada. Agora os apontamentos de produção são feitos via tablet e houve uma redução significativa do uso de papéis e formulários. Com a gestão da produção planejada através das ordens de fabricação, é possível saber o tempo de produção por operação e visualizar o que está sendo produzido em tempo real. Além disso, a engenharia, que costumava ir até a fábrica para consultar a produção, agora pode acessar as informações sem sair de seu escritório.

4. Gestão da Manutenção

As solicitações de serviço passaram a ser feitas através do sistema, entrando direto no planejamento. Com isso, a produção deixou de ser “apaga incêndio” para trabalhar com planejamento. Esse processo gerou um melhor controle das solicitações, o tipo de serviço, a quantidade e principalmente, os motivos de paradas de máquinas na produção. Além, é claro, de contribuir fortemente para a redução de custos alcançada.

5. Custo de Produção

Com a documentação de processo de produção, estrutura de produto e apontamentos de ordem de fabricação, agora é possível fazer a apuração real do custos de produção. É possível saber quanto está sendo gasto com mão de obra e matéria-prima, e assim chegar no custo de produção real e não apenas estimado.

Os resultados mensuráveis

Logo nos primeiros meses de uso do Q4-ERP na ferramentaria da Bristol já foi possível mensurar os primeiros resultados positivos:

  • 71,25% de ganho de produtividade: Com o planejamento da produção, foi possível reduzir o tempo total de produção por peça em 71,25% o que gerou um ganho de 592 horas/mensais, com os mesmos recursos que a empresa já possuía antes;
  • 70% de redução de custo: Com as informações para planejar, acompanhar e mensurar a produção foi possível gerar uma redução de custos de 70% na fabricação de componentes de reposição na ferramentaria;

Os resultados imensuráveis

Em toda implantação de sistemas de gestão alguns resultados são mensuráveis, no entanto, existem outros difíceis de serem medidos mas que trazem muitos benefícios para a empresa. No caso deste projeto, destacamos alguns resultados deles:

  • Melhora da visibilidade do processo: os líderes podem acompanhar todo o processo de produção e sabem exatamente em que fase de produção cada ferramenta se encontra;
  • Maior confiabilidade nas informações: quando tudo é registrado em papel, as informações estão propensas a erros. A integração propicia mais confiabilidade nas informações e em todo o processo;
  • Maior agilidade nos processos: com a integração e automatização, os processos ficam mais ágeis e as pessoas com mais tempo para trabalhar em atividades que geram valor para o negócio;

Quer saber como a sua indústria também pode alcançar resultados como este? Solicite um diagnóstico com um de nossos consultores, é gratuito! 

gestão-de-custos

About The Author

Equipe de Conteúdo QS

Nossos conteúdos são produzidos por especialistas nas diversas áreas da Indústria. A QS está em constante busca por informações e atualizações sobre tecnologia e Gestão Industrial, com o objetivo de trazer a melhor informação para os clientes.

Adicionar comentário

*Preencha todos os campos corretamente

Veja também outros artigos recentes

reduzir os custos industriais
Posted by qsconsultoria | 12/01/2021
As informações sobre custos industriais da sua empresa são confiáveis? Confiar nas informações disponíveis na sua indústria é fundamental para cumprir o objetivo principal de qualquer negócio: reduzir os custos...
capacidade produtiva
Posted by qsconsultoria | 15/12/2020
Você sabe qual é a capacidade produtiva da sua indústria? Essa informação pode ser o que falta para a sua indústria aumentar a produtividade, reduzir os custos e melhorar o...
implantar apontamento de produção
Posted by qsconsultoria | 24/11/2020
O apontamento de produção indica em qual etapa do processo de produção determinado produto se encontra, mas além disso ele é crucial para uma boa gestão de estoque, gestão de...